1. Esclarecimentos obscuros

Por um lado, a veemência năo faz parte do argumento. Por outro, a ignorância faz. De um lado, o tirocínio com idéias; de outro, o morticínio delas. Lado a lado, as figuras de linguagem e a linguagem das figuraças. E ladeando tudo, informações desenformadas. Ou desinformações enfurnadas, sei lá. Afira o que fere o ouvido, confira o que difere do entreouvido, afora o que interfere no duvido. Săo minhas figuras de estrilo.

– Hipérbole não é uma parábola descomunal.
– Ilação não é exclusividade entre associados.
– Cacófatos não são estilhaços factuais.
– Metonímia não é uma ignomínia invertida.
– Paronomásia não é a amante do Padre Quevedo.
– Alegoria não é irritação cutânea simbólica.
– Catacrese não é procurar crise na crase.
– Sinédoque não é um cinema num cais.
Onomatopeia não é a prosopopeia da centopeia.
– Sinestesia não é a dormência do pensamento.
– Antítese não é o oposto da vida acadêmica.
– Perífrase não é um atalho entre dois sentidos.
– Gradação não é pôr barras de ferro na ênfase.
– Disfemismo não é o avesso do machismo.
– Apóstrofe não é um poeta na Santa Ceia.
– Elipse não é tapar o sol com um clip.
– Assíndeto não assina, não assinala, não sinaliza.
– Hipérbato não é estalar a língua no céu da boca.
– Anacoluto não é a incompreensão da morte.
– Anáfora não é uma moringa grega.
– Anadiplose não é lipoaspiração no texto.
– Decoe não é um infarto do diácono.
– Epístrofe não é uma missiva rimada.
– Assonância não é afonia em vale de eco.
– Aliteração não é alteração entre literatos.
– Silepse não é a sinopse de uma sinapse.
– Raciocinar não é racionar um pouco além
– Tergiversar não é regurgitar um poema.

Etc.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em 1 -Esclarecimentos obscuros e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta