Comida cara

Rogério Distéfano – O Insulto Diário

O jantar para homenagear o juiz Sérgio Moro em Nova Iorque custou 1,200 dólares per capita. Daria uns R$ 4.800 no câmbio maluco de hoje. O homenageado e senhora não pagaram. Ainda bem, o cardápio iria consumir o auxílio-moradia mais a taxa de condomínio e o pagamento da diarista. A comida em Nova Iorque está pelos olhos da cara.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Rogério Distéfano - O Insulto Diário e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.