A Maja Nua – Francisco de Goya

Esse quadro de cerca de 1800 entrou para a história como o “primeiro retrato totalmente profano de uma mulher nua em tamanho natural na arte ocidental” – acredita-se que ele contenha uma das primeiras representações explícitas dos pelos pubianos femininos. Quando o quadro foi pintado, a Igreja Católica proibia a exposição de nus artísticos, então a mulher nua de Goya e sua parceira mais pudica, A Maja Vestida, nunca foram exibidas publicamente quando o artista estava vivo.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Francisco de Goya e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta