Prof. Thimpor

© Bat Masterson

Cine Hare Rama – Não Judia Dela, Patrão! (komm doch, komm zu mir)

Billy The Kid atravessa um deserto infestado de répteis para levar uma importante mensagem ao Cavaleiro Negro, moribundo e esquálido, porque o Dr. Robledo lhe aplicou uma injeção de naftalina debaixo do braço. No início da projeção ouve-se claramente a voz de Gary Cooper em “Tambores Distantes” tentando convencer um índio a lhe mostrar o caminho para as índias. Esse é o filme mais importante de Estravos Demóstenes, fanho, vesgo e arrimo de família, realizado logo após o cineasta ter saído de uma clínica psiquiátrica, onde foi tratado como sendo Sam Peckinpah.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em prof. thimpor e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta