Arquivo da categoria: Flagrantes da vida real

Flagrantes da vida real

Se não for divertido não tem graça. © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Guarda-chuvas, beijos, Garibaldis & Sacis. © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Curitiba, chovendo no molhado. © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Van Gogh foi o único sujeito que deu ouvido às mulheres. (Millôr Fernandes) © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

No começo dos anos 1970, eu trabalhava como redator e produtor na TV Iguaçu Canal 4 e escrevia, entre outros, um programa chamado “Os Bons de Música”. Cada semana, eu convidava alguém que fazia música na cidade. Cantores, compositores, instrumentistas, … Continue lendo

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

A Fonte da Juventude. © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Laís Mann solta a voz nas estradas.  © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Na parede, desenho do cartunista que vos digita, em algum lugar de Curitiba. © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Requiescat in pace. Maringas Maciel, em silêncio.  © Giselle Hishida

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Marcha das Vadias, Curitiba, 2013.  © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Lina Faria, fazendo. ©  Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Vai encarar?  © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Gente trabalhando: Edson Bueno, O Homem Que Amava a Literatura. © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Maringas Maciel, mais assustado que cachorro em canoa. Autorretrato

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Penso, logo, existo.  © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

“Arte é intriga” (Millôr Fernandes).  © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Robert Amorim, “Beto Pomme de Terre”, com a mão na massa. © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Lais Mann: todo artista tem de ir aonde o povo está. © Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da vida real

Homens da multidão, mulheres da  multidão: as crônicas urbanas de Lina Faria, Maringas Maciel e Thadeu Wojciechowski.  ©Maringas Maciel

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Flagrantes da Vida Real

© Reuters

Publicado em Flagrantes da vida real | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter