Arquivo da categoria: Nelson Padrella

Padrelladas

© Lina Faria

Publicado em Nelson Padrella | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Nelson Padrella

Solda, tem aparecido muito a palavra bosta em seu blogue. Informo que essa palavra ainda não pode ser proferida e nem escrita com liberdade. Vosso presidente (Luiz Inácio Lula da Silva) liberou só a palavra merda. Merda, Solda. Não bosta. … Continue lendo

Publicado em Nelson Padrella | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Orem por mim

Nelson Padrella – Blog do Zé Beto Orem por mim porque não está fácil não. Não sei o que está acontecendo comigo. Está complicado. Às vezes dá vontade de desistir e pegar uma corda ir para fundo do quintal e … Continue lendo

Publicado em Nelson Padrella | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Padrella, o Sade, o sátiro

Definir Nelson Padrella, 79 anos, exige perícia e cara de pau. O homenzarrão de 1,90 e cacarecos, nascido no Rio de Janeiro, mas criado em Palmeira, nos Campos Gerais, não cabe num rótulo. A dizer. Escreveu uma dezena de livros … Continue lendo

Publicado em Nelson Padrella | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

‘O Menino’, de Nelson Padrella

Uma obra que demorou quase uma vida toda para ficar completa. O romance O Menino, de Nelson Padrella faz uso de memórias de infância e adolescência em “uma pequena cidade do Sul do Brasil” – livre inspiração em Palmeira, próxima … Continue lendo

Publicado em Nelson Padrella | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O Menino

Lançar um livro não é tarefa fácil, principalmente para quem olha para o computador e enxerga nele um ET. Sou do tempo do escrever à mão. Custei a aceitar a máquina de datilografia. Até hoje escrevo à mão. Mas, instado … Continue lendo

Publicado em Nelson Padrella | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Na praça, sem Julia Wanderley

Nelson Padrella. Blog do Zé Beto Qual não foi minha decepção ao tomar meu ônibus na praça do Teatro Guaira também conhecida como da Universidade e só raramente de Santos Andrade. O busto da Professora Julia Wanderley já não se … Continue lendo

Publicado em Nelson Padrella | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Antecipando…

© Myskiciewicz

Publicado em Nelson Padrella | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Nelson Padrella

Que magia havia nos caminhos da mata, que nos fascinava a ir mais adiante, e mais adiante, e sabíamos que mais adiante não havia nada mais que a floresta, e que a magia era esse estar indo. Que fascínio nos … Continue lendo

Publicado em Marumbi, Nelson Padrella | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Reis Magos

Os Reis Magos eram na realidade quinze. Metade perdeu-se pelo caminho. Só três conseguiram chegar à Fafá de Belém: Quéfren, Kéops e Miquerinos.

Publicado em Carta à Berta, Nelson Padrella, Reis Magos | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Mural da História

15 de julho, 2010 – O Ex-tado do Paraná

Publicado em Aftosas soldações, alceu dispor, Charge Antiga, Charge cartunista Solda, Charge Solda, Don Suelda del Itararé, mural da história, Nelson Padrella, nora drenalina, o ex-tado do paraná, Pleonasmos, prof. thimpor, Rivotril In Concert, Se não for divertido não tem graça, solda, solda cáustico, Solda Charge, Solda liberdade, Soldades, Soldatti, Sorden von itarareen, soruda, tudo em geral | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter