Arquivo da categoria: poluicéia desvairada!

Poluicéia Desvairada!

Na ponta do lápis. Em algum viela da Lapa. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Hospitalidade na Vila Madalena. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Em frente à Galeria do Rock, centrão da cidade.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Scania Vaso. De volta à natureza.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Trash movie.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia desvairada!

Futuro ancião. Candidato ao Retiro dos Artistas, aproveite a bengala a preço de ocasião. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , | 1 comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia desvairada!

No osso. Chuparam a fruta. E deixaram o caroço. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Scania Vaso. Em alguma quebrada da Vila Sônia.  © Lee Swain.

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , , | 2 comentários
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Levei Meu calhambeque pro mecânico outro dia. Em alguma avenida da Zona Sul.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Nó górdio. Em algum poste da Vila Madalena. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Casa abandonada, na marginal de Ibiúna.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Ideias sobre rodas.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

“O sonho acabou. Mas ainda tem cuque”. Solda, década de 70. Lee Swain. © Myskiciewicz

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Instalação natural. Árvore em frente ao edifício da Bienal, no Parque Ibirapuera.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Reflexões sobre borracharias. Na marginal de Ibiúna. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Scania Vaso. Maior abandonado nas ruas da cidade. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Terceira idade. A bola da vez.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

De repente me lembro do verde… Instalação do Coletivo Bijari, na Vila Madalena. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Território da foto, em alguma travessa da Vila Madalena. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Frente e verso da miséria. Em alguma rua de Pinheiros. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter