Arquivo da categoria: Todo dia é dia

Todo dia é dia

Andréa Beltrão  © Gal Oppido nada de novo debaixo d’água quero ver a profundidade da tua mágoa solda

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

© Anderson Tozato

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Poemas de Sylvio Back.

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Poema de Sylvio Back, arte do cartunista que vos digita.

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

© Tiago Recchia para leminski (junho 1989) penso e surpreendo dentro esse peso suspenso entre fuga e allegro entre risos e abismo resgato fragmentos e vestígios do vértigo (espreito, rima leonina, as naus, bits e ítacas de tuas russas cismas, … Continue lendo

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

um dia desses eu vou me misturar ao povo que está na ruas e finalmente vou descobrir pra onde todo mundo vai para onde vão as velhinhas com pacotes debaixo do braço? para onde vão as senhoras gordas de cabelo … Continue lendo

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Schisma Cobre se refletindo a ouro-fio nos olhos: sem pano nem cordame, os móbiles oscilam, barcos sem rumo, a esmo (desertos), rio adentro (no leito cambiante), sem remo ou vela ao vento. Vogam no entremeio, rio afora, no linde (os … Continue lendo

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

© Dico Kremer

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Poema que é bom acaba zero a zero. Acaba com. Não como eu quero. Começa sem. Com, digamos, certo verso, veneno de letra, bolero. Ou menos. Tira daqui, bota dali, um lugar, não caminho. Prossegue de si. Seguro morreu de … Continue lendo

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

© Myskiciewicz

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Ithalo Furtado, Parnaíba, Piauí.  © Alessandra Mota

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Solda: © Gerson Marçal|Reynaldo Jardim: © Lucilia Guimarães

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter