Cena teatral curitibana dos anos 90 é tema de exposição na Secretaria de Estado da Cultura do Paraná

gilson_camargo_cartas_portuguesasfotode_millajung_juventude_eneas_lour_erica_migon_maira_weber_simone_spoladore.chico_nogueira_juventude11|Gilson Camargo. 2|Milla Jung. 3|Chico Nogueira. Fotografias mostram o trabalho de renomados atores e diretores do Estado e também os primórdios do Festival de Teatro de Curitiba.

O hall da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná recebe, a partir do dia 09 de abril (terça-feira), às 17h, exposição fotográfica dedicada ao universo cênico da capital paranaense. Intitulada “A Imagem do Teatro”, a mostra reúne imagens feitas por Milla Jung, Chico Nogueira e Gilson Camargo e que estão no acervo do Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR). Os trabalhos enfocam a cena teatral curitibana dos anos 1990, com destaque para o trabalho de importantes atores e diretores do Paraná, além de mostrar os primeiros anos do Festival de Teatro de Curitiba. A curadoria é do diretor do MIS-PR, Fernando Severo.

De acordo com Severo, as obras dos fotógrafos documentam a arte de grandes atores, expoentes de diversas gerações, como Mário Schoemberger e Guilherme Weber, entre tantos outros, e fazem uma expressiva evocação do trabalho de alguns dos diretores paranaenses mais atuantes no período, como Marcelo Marchioro, Edson Bueno, Cleon Jacques, João Luiz Fiani e Felipe Hirsch. “A qualidade técnica e artística das fotos de Chico Nogueira (também importante ator e diretor teatral), Milla Jung e Gilson Camargo representam nos dias atuais um valioso testemunho da força criativa da arte teatral que acontece nos palcos curitibanos”, completa Severo.

A mostra “A Imagem do Teatro” fica em cartaz até 05 de julho de 2013 e pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 9 às 18 horas. A entrada é franca. A Secretaria de Estado da Cultura do Paraná fica na Rua Ébano Pereira, 240, Curitiba.

Serviço: “A Imagem do Teatro”. Fotografias do acervo do MIS-PR que mostram a cena teatral curitibana nos anos 1990. Local: hall da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná. Rua Ébano Pereira, 240 – Centro – Curitiba – PR. Entrada franca. Visitação: de segunda a sexta-feira das 9 às 18 horas  

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Cartunista Solda, Cena teatral curitibana dos anos 90 é tema de exposição na Secretaria de Estado da Cultura do Paraná, Chico Nogeira, Cleon Jaques, Don Suelda del Itararé, Edson Bueno, Felipe Hirsch, Fernando Severo, Gilson Camargo, Gulherme Weber, História, João Luiz Fiani, Marcelo Marchioro, Mario Schoemberger, Milla Jung, nora drenalina, Sem categoria, solda, solda cáustico, Soldatti, soruda, teatro e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta