Deixar pra lá?

Sobre a carta enviada por Bolsonaro para Israel dizendo que não disse o que disse:

Perdoar é cobrir com um pano, é esquecer o que aconteceu, é deixar pra lá. Não concordo absolutamente com o pensamento do Presidente Bolsonaro que devemos “deixar pra lá”, o que aconteceu com os povos da Europa – principalmente os judeus – assassinados em nome de uma ideologia estúpida. Nem perdoar e nem esquecer. Pelo contrário. Manter viva a memória das vítimas do Holocausto e contribuir para que tal estupidez nunca mais se repita.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Nelson Padrella - Blog do Zé Beto e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta