Desespero de Haddad e a teoria sobre Lula

Fernando Haddad quer ganhar na justiça o direito de ser entrevistado na Globo porque o adversário se recusa a participar de um debate. Isso é desespero. O petista sabe que já perdeu e ouviu isso de Cid Gomes e Mano Brown em eventos de “apoio”. Há quem defenda a tese de que Lula da Silva tramou tudo. Se escolhesse Ciro Gomes como candidato, este tinha mais chances de vencer e, como cospe fogo, ao assumir poderia dar um chega pra lá no líder dos petistas e assumir de fato o comando. Com a derrota do poste que foi escolhido, Lula torce para o desastre do governo de Bolsonaro para poder continuar como guru e comandar o próximo espetáculo, nas base do “eles são piores do que a gente e, se erramos, vamos reconhecer tudo e seguir em frente”. Isso é política!

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Roberto José da Silva - Blog do Zé Beto e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta