Dia do Quadrinho Nacional

josé-aguiarJosé Aguiar. Foto Dozotros

Hoje é o Dia do Quadrinho Nacional, que será comemorado em Curitiba com um bate-papo reunindo diversos quadrinhistas da terra, na Itiban Comic Shop (Rua Silva Jardim, 845, ao lado da UTFPR). Com a presença do pessoal da revista Capa Preta e do site LoboLimão, José Aguiar, André Caliman e Leonardo Melo, a conversa está marcada para começar às 19h e focalizará as publicações independentes aqui sediadas e a importância do Gibicon para a cena local. O Gibicon, aliás, conquistou o prêmio Angelo Agostini como o melhor evento do gênero em 2012.

Vale lembrar que 30 de janeiro virou o dia do gibi nacional por ter sido publicada nesta data, nos idos de 1869, pelo pioneiro ítalo-brasileiro Angelo Agostini, Nhô Quim ou Impressões de uma viagem à corte, considerada a primeira história em quadrinhos feita (e publicada) no Brasil.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em André Caliman, Angelo Agostini, Cartunista Solda, Dia do Quadinho Nacional, gibicon, Itiban Comic Shop, josé aguiar, Leonardo Melo, Maristela garcia, Mitie Taketani, solda cáustico e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta