Dirceu diz que prefere morrer do que delatar como Palocci

Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

José Dirceu, condenado na Operação Lava Jato, diz que prefere “morrer” antes de delatar, como tenta fazer o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci.

PREÇO
O próprio Dirceu, questionado sobre o depoimento em que Palocci envolve Lula diretamente com o recolhimento de propinas para o PT, respondeu a interlocutores: “Só luta por uma causa quem tem valor. Os que brigam por interesse têm preço. Não que não me custe dor, sofrimento, medo e às vezes pânico. Mas prefiro morrer que rastejar e perder a dignidade”.

FICHA
O depoimento do ex-ministro da Fazenda ao juiz Sergio Moro levou a uma comparação entre o comportamento dele e de condenados como Dirceu e João Vaccari, ex-tesoureiro do PT. Os dois suportariam tudo em nome de uma “causa”. Já Palocci jamais teria tido qualquer compromisso com ela.

O JOGADOR
Apesar das ameaças do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de cancelar os benefícios da delação premiada de executivos da J&F, Joesley Batista passava até sexta (8) a alguns interlocutores a impressão de que mantinha a segurança de quem sempre se deu bem no final das histórias.

CAÇA
A Prefeitura de São Paulo está estudando um meio mais eficiente para conseguir cobrar os devedores. A estimativa é que a cidade tenha deixado de receber R$ 100 bilhões em taxas e tributos nos últimos anos. Para minimizar essa perda, a ideia é adotar uma estratégia de cobrança mais agressiva, semelhante à de bancos privados.

CAÇA 2
Empresas de tecnologia estão apresentando soluções à administração. Entre elas estão programas de computador que conseguem vasculhar detalhes da vida das pessoas, seus amigos e parentes. A expectativa é conseguir evitar fraudes com a transferência de bens entre pessoas próximas ao devedor.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Dirceu diz que prefere morrer do que delatar como Palocci e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta