El Maestro

mussa-tribunaSomos todos insubstituíveis mas alguns são mais insubstituíveis que outros. (Fraga)

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em El Maestro e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

3 respostas a El Maestro

  1. Chico Assis disse:

    Neste caso, não posso falar em lembrança. Simplesmente, não o esqueço. De fato é de direito, “El Maestro”! Obrigado, amigo Solda!

  2. Solda disse:

    Chico de Assis:

    Agradeço eu, por ter trabalhado com você.
    E conhecido Mussa, “El Maestro”.
    Outro dia Zé Beto falou de você.

    Outro abraço, de quebrar costela!

  3. Solda, meu amigo, por anos fizemos uma boa parceria e tivemos a sorte de ter “El Maestro” como nosso chefe. Aprendi muito com ele e com você. E o que falar do Zé Beto? Outro grande amigo. Forte abraço!

Deixe uma resposta