Elementos naturais dialogam em mostra no Centro de Criatividade

Espaço-Simbiótico--Juan-ParadaTerra, pedras, água, plantas e luz foram os elementos escolhidos pelo artista Juan Parada para criar instalações que tomam conta da sala de exposições do Centro de Criatividade de Curitiba (Parque São Lourenço), na mostra “O Espaço Simbiótico”. Com abertura marcada para este sábado (13), às 15h, a mostra poderá ser apreciada até o dia 26 de maio de 2013, com entrada franca.

Resultado de uma pesquisa tridimensional, a exposição também conta com objetos em cerâmica, resina e metal, em diálogo com a arquitetura do local. Os trabalhos apresentam uma espécie de sistema, criando uma relação de influência e interatividade entre as peças, o espaço e os elementos vivos – que aparecem de forma processual, em constante transformação. A proposta do artista é sugerir efemeridade e transitoriedade, estabelecendo um vínculo vantajoso entre os componentes da obra.

Linguagens diversas – Nascido em Curitiba (1979), onde vive e trabalha, Juan Parada é formado em Escultura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná – Embap, e expõe seus trabalhos desde 1997. Iniciou pesquisas com cerâmica em 2003 e foi um dos membros fundadores do coletivo Interluxartelivre (2002 a 2011), que agitou o meio artístico da capital paranaense.

A arte e o talento de Juan Parada materializam-se em instalações, esculturas, intervenções urbanas e inserções espaciais. O artista desenvolve pesquisas sobre relações de tempo-espaço e diálogos arquitetônicos, experimentando diferentes linguagens das artes plásticas.  Cruzando diversos campos, como o design, a botânica e a arquitetura, a atuação de Juan Parada gera trabalhos que sugerem impermanência e instabilidade, contendo situações paradoxais.

Suas obras ocupam circuitos próprios e também espaços institucionais, como galerias e museus. Entre as mostras recentes estão a exposição coletiva “Abre Alas”, na galeria A Gentil Carioca, no Rio de Janeiro, em 2013; o projeto “A Memória da Matéria”, contemplado pelo edital Bolsa Produção 5 do Fundo Municipal da Cultura e apresentado no Museu da Gravura Cidade de Curitiba, em 2012; e a exposição “O Estado da Arte”, realizada com o coletivo Interluxartelivre, no Museu Oscar Niemeyer – MON, em 2010.

Serviço: Exposição “O Espaço Simbiótico”, do artista curitibano Juan Parada. Data: de 13 de abril (abertura às 15h) a 26 de maio de 2013. Local: Centro de Criatividade de Curitiba (Rua Mateus Leme, 4.700 – Parque São Lourenço). Horário de visitas: de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 21h; sábados e domingos, das 8h30 às 16h. Entrada franca.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Aftosas soldações, agenda, Centro de Criatividade, Centro de Criatividade de Curitiba, Don Suelda del Itararé, Elementos naturais dialogam em mostra no Centro de Criatividade, Juan Parada, nora drenalina, O Espaço Simbiótico, prof. thimpor, solda, Soldades, Soldatti, soruda e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta