Tempo

bazar-do-solda-tempoNo dia 9 de dezembro de 1999, poetas, músicos, publicitários, jornalistas, artistas plásticos, cartunistas, fotógrafos e professores se reuniram no Memorial de Curitiba, no Largo da Ordem, em plena quinta-feira, para fazer uma grande festa. Foi o Bazar do Solda – Brechó Cultural, sob a batuta de Antonio Thadeu Wojciechowski e o pessoal da Oss Propaganda.

Todos os que lá compareceram Me deram as flores em vida/ o sorriso, a mão amiga/ para amenizar meus ais, como na música do Nelson Cavaquinho. Selaví, diria o Boczon. Eu não estava lá, mas confesso que vivi. 

Eternamente Agradecido

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em tempo e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta