Rui Werneck de Capistrano

Estão abertas as inscrições para o Grande Concurso Literário de Contos “Cidade de Mirapatópolis 2019”

Cada concorrente deverá apresentar apenas uma obra, inédita, com tema livre, com 2356,5 caracteres (incluindo espaços), em formato A4, impressa de um só lado do papel em Times New Roman, parágrafo de 1,26, alinhamento justificado, recuo esquerdo de 3,0, direito de 3,1, 1,37 de espaçamento, entreletras 2, em 151 vias, com controle das linhas órfãs/viúvas, sem ponta-esquerda nem volante de contenção. A página deverá ter as seguintes configurações: 3,1 na altura, 2,65 na esquerda, 3,21 na direita, 1,234 no rodapé e deverá ser numerada com caracteres chineses da Dinastia Ming.

Num envelope anexo, lacrado com lacre do Uzbequistão, o concorrente deverá apresentar a identificação, seguindo o modelo:

1. Nome da obra em três idiomas, pseudônimo (onze caracteres no máximo, com letras e números), nome completo, nome do pai, de um tio, da mãe, dos irmãos, com as respectivas cópias do registro de nascimento, carteira de identidade, CPF, carteira de vacina e comprovante de residência. Tudo em seis vias com autenticação feita em cartório.

2. Declaração autenticada de que a obra é de sua própria autoria, sem nenhuma vírgula plagiada, sem pendências judiciais nem sujeita a ação ou interpelação de terceiros ou quartos.

3. Declaração autenticada de que a obra não está sujeita a arrolamentos, penhora, chunchos ou execução de qualquer espécie legal que possa criar ônus sobre os direitos autorais.

4. Declaração autenticada do STE de que votou em todas as eleições para Presidente, Senador, Deputado Federal, Deputado Estadual, Governador, Prefeito, Vereador e Síndico do prédio. Sempre com cópia autenticada de cada pleito assinada pelo presidente da mesa.

5. Declaração autenticada de sanidade física e mental assinada por cada um dos membros de uma junta médica – 31 médicos – do Instituto Einstein de Estocolmo.

6. Declaração autenticada de que está ciente de que seu texto será incinerado em praça pública se não for classificado, com a presença do Excelentíssimo Senhor Governador do Estado e seus assessores diretos, bem como do Secretário da Comunicação.

7. Declaração autenticada de que não recorrerá da decisão dos jurados nem ameaçará com bomba a sede da Secretaria da Cultura.

8. Declaração autenticada garantindo que, se for vencedor, o autor apresentará, na cerimônia de premiação, um show tocando harpa com a língua e sapateando com tamancos holandeses legítimos.

9. Declaração autenticada de que todas as declarações apresentadas são legítimas e protegidas com seguro no valor de R$ 352 mil cada.

10. Declaração autenticada de que não mostrou o texto nem para si mesmo depois de pronto.

11. Declaração autenticada de que jamais ouviu falar ou leu sobre falcatruas, trutas, desfalques, subornos, propinas e corrupção em geral em qualquer órgão público Federal, Estadual e Municipal.

12. Qualquer mínima infração no presente regulamento desclassificará o concorrente que será açoitado e terá que doar o que restou do cérebro para a ciência.

Envio: A obra, devidamente lacrada, deverá ser enviada com declaração de valor, pelo SEDEX 10, e com escolta da Polícia Federal.

Premiação: O vencedor único do concurso receberá a quantia de R$ 70,00 (setenta reais), da qual será descontado o Imposto de Renda devido e mais R$ 50,00 para despesas gerais da organização. O conto será publicado no prestigioso Diário de Mirapatópolis até o ano de 2037. Os casos omissos serão eletrocutados. A todos, boa sorte! Quáquáquáquá!

Rui Werneck de capistrano é sinuqueiro e artista prático

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em rui werneck de capistrano e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta