Jokers comemora 11 anos na noite curitibana

O Jokers (R. São Francisco, 164 – Centro Histórico) vai celebrar seus 11 anos de existência neste fim de semana. A festa começa hoje, dia 10, com um show da banda de black music Serviço de Preto, que volta à ativa com um show Tributo a Stevie Wonder. No repertório, clássicos como Superstition, I Wish, Signed, Sealed, Delivered e Isn’t She Lovely, além de baladas como My Cherie Amour, Overjoyed e You Are The Sunshine of My Life. Após o shows os DJs Ronypek e JC Branco assumem o comando das carrapetas. A noite marca também o lançamento do novo cardápio da casa com um visual moderno e totalmente repaginado. No sábado a celebração continua com uma edição especial do Saturday Guest DJ. Embalando a pista da casa estará o DJ residente Ronypek e os convidados DJ MM e DJ Juliana Lopes aka Natta que prometem um set arrasador que ninguém vai ficar parado.

A banda Serviço de Preto, criada em meados dos anos 90, é considerada a primeira de Curitiba totalmente dedicada à black music. Com muito groove e um humor ácido e crítico, as composições do grupo tratavam de temas como preconceito e liberdade de expressão. O grupo também se notabilizou por arranjos de outras canções, como Retirantes – de Dorival Caymmi e Jorge Amado – e A Mão da Limpeza, de Gilberto Gil. O repertório da banda incluía ainda hits do soul, disco e funk, que renderam apresentações memoráveis nos principais palcos da época, como o Aeroanta, Dromedário, Festival de Antonina , Vox e Café Curaçao.

Nesse Tributo a Stevie Wonder no Jokers, o quarteto original do Serviço se une a outros quatro músicos – Fabrizio Rosa (voz), Mauricio Pereira (guitarra), Leomaristi (baixo), Edu Kardeal (bateria), Ricardo Janotto (percussão), André Collini (Rodhes e teclados) Juliana Pinho (voz) e Juninho (voz e teclados) -para um show que vai contar ainda com as participações muito especiais do gaitista Bene Chireia e do cantor Otto Nascarella, da banda britânica-brazuca Saravah Soul.

Jokers

A proposta da casa é ser um referencial na noite de Curitiba. Hoje o Jokers é considerado um espaço gastronômico e cultural da cidade, pautado em uma programação especial de eventos e shows. Assim como a figura do coringa (Jokers) a programação oferece desde música celta até o rock,n,roll clássico, passando por MPB, blues e outros gêneros musicais. O espaço é multi-funcional com pista de dança, restaurante e bar, o que permite a realização de diversos tipos de eventos, como lançamentos de livros, exposições, festas temáticas entre outros.

Situado no Centro Histórico de Curitiba em uma construção do começo do século, com decoração e móveis rústicos e sete ambientes, distribuídos em 3 pisos. No térreo há também o Salão Queirolo, decorado com fotos e fantasias originais da tradicional família circense paranaense “Os Irmãos Queirolo” que recebe os shows na hora do Happy Hour.
Ainda no térreo – logo após um Jardim de Inverno com mesas e um balcão – o cliente tem a sua disposição uma superpista de dança, mezanino com camarotes exclusivos e um palco para shows de médio porte (por lá já se apresentaram Ângela RôRô, Mallu Magalhães, Cabaret, Wayne Hussey, entre outras atrações nacionais e internacionais). No 1º piso, restaurante e bar, num espaço onde são realizadas bimestralmente, exposições com artistas paranaenses. A segunda pista de dança está localizada no terceiro piso do Jokers, e também conta com um lounge e bar.

Serviço: Festa de 11 anos do Jokers – Show Tributo a Stevie Wonder com Serviço de Preto. Sexta, dia 10, às 22 horas, no Jokers (Rua São Francisco, 164 – Centro Histórico) Entrada R$20 e R$15 (antecipado e com flyer eletrônico). Discotecagem DJs Ronypek e JC Branco. Saturday Guest DJ. Apresentação dos DJs Ronypek (residente) e DJ MM e DJ Juliana Lopes aka Natta (convidados). Sábado, dia 11, às 22 horas, no Jokers (Rua São Francisco, 164 – Centro Histórico) Ingresso Masculino: Livre até 21h / após R$ 20,00 . Reservas e informações: (41) 3324-2351 ou 3013-5164.

www.jokers.com.br

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em jokers, Jokers Pub e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta