Lou Reed morre aos 71 anos

lou-reedAgência diz que ele morreu por problema no fígado neste domingo (27). Músico fundou o Velvet Underground e foi um dos mais influentes do rock. Getty Images

 O músico Lou Reed morreu aos 71 anos, na manhã deste domingo (27), em Long Island, Nova York, nos EUA. O agente literário do artista, Andrew Wylie, disse à agência de notícias Associated Press que ele morreu em decorrência de problemas no fígado. O cantor passou por uma cirurgia de transplante de fígado em maio de 2013. A notícia foi divulgada inicialmente pela revista “Rolling Stone”. O jornal inglês “The Guardian” disse que a morte foi confirmada pelo agente do cantor na Grã Bretanha. “Sinto dizer que é verdade. Estou muito triste”, disse Andy Woolliscroft ao jornal.

Reed já havia cancelado uma série de shows previstos para abril. Ele tocaria em abril no festival Coachella, nos Estados Unidos, além de algumas outras apresentações marcadas pela Califórnia.

Ele disse em junho que se sentia “uma vitória da medicina, da física e da química modernas”, depois do transplante de fígado a que foi submetido em um hospital de Cleveland, em Ohio. “Estou maior e mais forte que nunca”, declarou. Venerado nos círculos musicais graças à fundação do grupo The Velvet Underground e sua carreira solo, o cantor, guitarrista e compositor publicou em seu site, em junho, que esperava voltar em breve a escrever canções que toquem “o espírito e os corações” de seus fãs.

Uma imagem foi divulgada neste domingo (27) nos perfis oficial de Lou Reed no Facebook e no Twitter com uma foto do cantor colada em uma porta. A legenda diz apenas “The door” (a porta). Lou Reed e David Bowie durante abertura de uma exposição de fotografias de Reed na Galeria Hermes, em Nova York, no dia 19 de janeiro de 2006 .

Trajetória

Lou Reed nasceu em 2 de março de 1942, em Nova York, nos EUA. Ele fundou em 1964, com John Cale, o Velvet Underground, uma das bandas mais influentes da história do rock. O disco mais conhecido da banda é “The Velvet Underground and Nico”, de 1967. A capa foi desenhada pelo artista Andy Wahrol, que adotou a banda e ajudou a divulgá-la. Ele também lançou discos solo cultuados, como “Transformer”, de 1972, produzido por David Bowie, e “Berlin”, de 1973. A única música que Lou Reed conseguiu transformar em sucesso nas rádios dos EUA foi “Walk on the wild side”, de 1972.

O músico se casou em 2008 com a artista Laurie Anderson. O álbum mais recente lançado por ele foi a parceria com o Metallica “Lulu”, de 2011. Reed visitou o Brasil em 2010, para shows com  o Metal Machine Trio. Ele também divulgou seu livro “Atravessar o fogo”. Entre os trabalhos solo, o mais recente foi “Hudson River Wind Meditations”, com músicas para meditação. Aqui.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Andy Warhol, Cartunista Solda, Lou Reed morre aos 71 anos, rock'n'roll, Velvet Underground e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta