Malas energías

©Myskiciewicz

Não é de hoje que o ex-presidente Lula carrega a fama de ser um terrível pé-frio no esporte. Já escrevi sobre o assunto outras vezes e até publiquei uma lista impressionante de atletas e clubes que sofreram sérios revertérios depois de um encontro ou alguma manifestação pessoal da parte dele. Mesmo quem é cético neste tipo de coisa acaba se convencendo que o cara é mesmo um seca-pimenteira dos mais perigosos. Para comprovar publico um link com a lista dos desafortunados que se danaram.

Agora vejam para quem o azarento foi levar a camisa da seleção brasileira. Pois é, numa viagem dele recente para Cuba a camisa do nosso escrete foi parar nas mãos do ditador Fidel Castro. Haja coração, torcida brasileira! A situação dessa Copa do Mundo já não é boa e o Lula ainda arranja mais essa. Mesmo jogando em casa, agora o Brasil vai precisar de sorte dupla para não se estrepar.

José Pires|Brasil Limpeza

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Luiz Inácio Lula da Slva e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta