Marco Polo Del Nero renuncia a cargo da Fifa que será ocupado pelo filho de Sarney

algemasdoisO presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, renunciou ao cargo que tinha no Comitê Executivo da Fifa, como membro da Conmebol. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, após uma reunião com membros da entidade Sul-Americana na sede da CBF, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, que começou na quarta-feira e terminou hoje. Quem assumirá a vaga do cartola será Fernando Sarney, filho de José Sarney, que é um dos vice-presidentes da CBF.

Porém, a saída de Del Nero só será oficializada em dezembro, durante uma reunião da Fifa, em Zurique, onde fica a sede da entidade máxima do futebol. Del Nero argumentou que está impossibilitado de viajar e cumprir os seus compromissos por causa da CPI do Futebol. O nome de Sarney foi indicado pela CBF e acatado pela Conmebol. A CBF não se manifestará sobre o assunto.

Desde que os dirigentes da Fifa foram presos em maio, entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin, Del Nero tem evitado deixar o Brasil. O cartola não viaja mais para os compromissos ligados à CBF e até mesmo à Conmebol.

O presidente não esteve em nenhuma das partidas do Brasil na Copa América, no Chile, nos amistosos nos Estados Unidos, nem nos jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2018. Em agosto, o presidente da CBF nomeou Fernando Sarney, um de seus vices, para representá-lo em reuniões da Conmebol.

Investigação na CPI

O cartola também é investigado pela CPI do futebol e, na última semana, teve um pedido de habeas corpus impetrado negado pelo ministro Gilmar Mendes. Os advogados de Del Nero entraram com o pedido de uma medida liminar que garantisse ao cartola o direito de falar com seus advogados, ter o direito de permanecer calado e de não assinar um termo de compromisso no qual se comprometeria a falar a verdade durante seu depoimento na CPI do Futebol.

O presidente da CPI do Futebol, senador Romário, representado pela Advocacia Geral do Senado, desqualificou a defesa de Del Nero, que afirmava que o cartola estava na iminência de ser convocado no último dia 11 de novembro. O ex-jogador também pode pedir a quebra dos sigilos fiscal, bancário e telefônico da modelo e apresentadora Carolina Galan, ex-namorada de Del Nero.

Há a suspeita de que Carolina tenha sido usada como intermediária em transações em benefício de Marco Polo, e a comissão pretende investigar se algumas doações feitas a ela tiveram como finalidade trazer alguma vantagem ilícita ao presidente da CBF.

Os depósitos bancários datam de 2013 até 2014, quando os valores repassados para Carolina atingiram a soma de R$ 1,1 milhão. À época, esta quantia correspondia a aproximadamente 20% dos rendimentos de Del Nero. Caso estas informações sigilosas sejam obtidas pelos parlamentares, a comissão poderá averiguar se a modelo declarou este valor. O relacionamento amoroso dos dois durou de 2010 até 2014.

Extra – Globo.com

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Marco Polo Del Nero renuncia a cargo da Fifa que será ocupado pelo filho de Sarney e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta