Museu Oscar Niemeyer recebe obra de Arnaldo Antunes

A obra “Yo Soy You” é apresentada em parceria com a Curitiba Literária – Bienal de Curitiba 2016. © Kraw Penas

O Museu Oscar Niemeyer (MON) abriga a intervenção “Yo Soy You”, de Arnaldo Antunes, a partir do dia 21 de dezembro, no chão de vidro, vão-livre do museu. A exibição da obra é uma parceria entre o MON e a Curitiba Literária (evento promovido pela Bienal de Curitiba), e traz a proposta de gerar uma reflexão sobre o diálogo entre artes visuais e literatura.

A mostra também dá início às ações comemorativas dos 30 anos da Bienal de Curitiba, que vai reapresentar anualmente uma intervenção urbana de um artista que já tenha participado da Bienal em edições anteriores. Arnaldo Antunes foi o escolhido para iniciar as comemorações com a obra ”Yo Soy You”.

Sobre a Curitiba Literária | Bienal de Curitiba 2016

Em 2016, a Bienal de Curitiba deu início ao projeto Curitiba Literária reunindo grandes nomes da literatura brasileira e paranaense para debater literatura com o público em diversos espaços da cidade.

Sobre Arnaldo Antunes

Conhecido principalmente por seu trabalho como músico, Arnaldo Antunes é compositor, poeta, cantor, artista visual e performer. Fez sucesso como membro da banda Titãs, Tribalistas e como artista solo. Em paralelo com a carreira musical, Antunes participou de diversas mostras de artes visuais e performáticas no Brasil e no exterior, como expositor, performer e curador.

Serviço: Intervenção Yo Soy You, de Arnaldo Antunes em parceria com a Curitiba Literária, a partir do dia 21 de dezembro de 2016. Até 26 de fevereiro de 2017. Local: chão de vidro – vão-livre. Entrada gratuita. Patrocínio: BNDES, Petrobras e Copel. Realização: Museu Oscar Niemeyer, Secretaria de Estado da Cultura/Governo do Paraná e Ministério da Cultura/Governo Federal. www.bienaldecuritiba.com.br

Museu Oscar Niemeyer|Rua Marechal Hermes, 999|Visitação: Terça a domingo, das 10h às 18h. www.museuoscarniemeyer.org.br

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Museu Oscar Niemeyer recebe obra de Arnaldo Antunes e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta