O Polaco da Barreirinha

Foto de Anderson Tozato.

sou feito de curitiba

já quis morar em nova york das muitas gentes
amsterdam de todos os bagulhos
tóquio dos mil sóis nascentes
e até são paulo coberta de entulhos
mas não, fui ficando por aqui mesmo
o mundo é pequeno pra mais de uma cidade
e minha vida é tudo que tenho
curitiba entrou nela e, pra minha felicidade,
no seu ecossistema existiam potys leminskis
soldas prados trevisans mirans vellozos
ivos alices buenos buchmanns guinskis
koproskis rogérios pilares franças rettamozos
paixões backs bárbaras shoembergers hirschs
minha mãe meu pai tios avós irmãos primos
pessoas do mundo inteiro como meus vizinhos

já quis morar em outros planetas, outras galáxias
mas eu sou feito de curitiba da cabeça aos pés
corre em minhas veias seus bosques, ruas, praças
vanzolins, marildas, coronas, diedrichs, josés
em cada uma de minhas moléculas, átomos, partículas
collins kolodys lours farias tataras cardosos
leprevosts góes vulcanis smaniottos claudetes
dantes recchias bettegas setos viralobos
sneges justens pryscillas arnaldos octávios bergers
e fui ficando cada vez mais parecido com curitiba
e fui algemado a essa minha alma gêmea
estrela de cada dia estendida por toda minha vida
minha mulher, minha puta, minha santa, minha fêmea
eu, do berço ao túmulo, minha caminhada inteirinha
antonio thadeu wojciechowski, polaco da barreirinha

Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Teresina

Janice Batista, Paulo Machado e Kenard
Kruel. Foto de Albert Piauí.
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O discreto charme da burguesia

Aonde fica esse restaurante?
Foto sem crédito.
Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Uaus!

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia desvairada!

Loja de colchões. Grande queima de estoque!

Foto de Lee Swain.
Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Na porta do cu do dono

Foto sem crédito

Essa rola antigamente
Vivia caçando briga
Furando pé de barriga
Doidinha pra fazer gente
Mas hoje tá diferente
No mais profundo abandono
Dormindo um eterno sono
Não quer mais saber de nada
Com a cabeça encostada
Na porta do cu do dono
Já fez muita estripulia
Firme que só bambu
Mais parecia um tatu
Fuçava depois cuspia
Reinava na putaria
O piriquito era seu trono
Trepava sem sentir sono
E sem precisar de escada
Mas hoje vive enfadada
Na porta do cu do dono
Nunca mais desvirginou
Uma mata vaginosa
Há muito tempo não goza
A noite de gala passou
Vive cheia de pudor
Sonolenta e sem abono
Faz da ceroula um quimono
E da cueca uma estufa
Vive hoje a cheirar bufa
Na porta do cu do dono

Maciel Melo e Zé Marcelino

Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Mario Schoemberger -1951/2008

Foto sem crédito.
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Fashion

É primavera no hemisfério norte!
Foto sem crédito.
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Pancho – Gazeta do Povo.
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Solda – O Estado do Paraná.
Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O Polaco da Barreirinha

Giselle Hishida, jorunalista, né?
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Paixão – Gazeta do Povo.
Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Álbum

Fachada estilo Art Nouveau na Rua dos Andradas,
Porto Alegre. Foto de Liz Kasper.
Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Ouiés!

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

De quem é esta boca provocante?

Palpitem, achem, sugiram, digam lá.
Vocês mandam. Solda.
Publicado em Sem categoria | 4 comentários
Compartilhe Facebook Twitter

"Vi você no blog do Solda!"

Claudia Seratiuk, bisbilhotequeira, no final da tarde, Parque Barigüi. Foto de Anderson Tozato.
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Cruelritiba: no chão que se pisa

Foto de Lina Faria.
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Lucilia Guimarães andou sassaricando

Eduardo Dusek no show Sassaricando. Fotos de
Lucilia Guimarães, craro, cróvis!
Publicado em Uncategorized | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter