Pamella Dalla e Sonora Coisa no Jokers

O projeto Acústico Mundo Livre prossegue no Jokers (R. São Francisco, 164) hoje, sexta-feira, dia 9, com os shows da cantora Pamella Dalla e da banda Sonora Coisa. O projeto foi criado para gerar uma maior visibilidade aos artistas locais independentes com versões acústicas e exclusivas.

A banda Sonora Coisa, formada em 2010, por cinco amigos com gostos musicais pouco ortodoxos, tem como intenção compor musicas sem rótulos, experimentando com gêneros e texturas, em especial indie rock, shoegaze, post-rock, Guitar e musica experimental obscura.

Formada pelos irmãos Rafael Buhrer (baixo e vocal) e Aphonso Buhrer (guitarra e vocal) e mais Dennis Medeiros (guitarra), Willian Pelacini (bateria), Fabio Bonfim (bateria), Rafael Batista (guitarra) e Murilo Soares (baixo), a banda foi recém contratada pela Pisces Records (selo Independente paulista). No Jokers, o Sonora Coisa vai apresentar músicas do seu primeiro EP com cinco faixas já conhecidas dos fãs, tendo entre elas as queridinhas “Fireworks” (faixa instrumental), e “Jumper Boys” que foi a primeira composição nessa nova etapa da banda.

Na abertura da noite quem se apresenta é a cantora Pamela Dalla, que vai mostrar ao público músicas próprias alternadas com sucessos da surf music , reggae, folk, MPB e pop/rock internacional, de artistas como Concrete blond, Jack Jonhson, S.O.J.A, Pette Murray, Semisonic, Sublime.

Apesar de nova, Pamela já trabalha com música há quase dez anos quando ingressou na cena musical junto com seu pai, gravando jingles comerciais. Suas canções falam de amor, paz interior, vida e felicidade. No palco do Jokers a cantora vai se apresentar com os músicos Henrique Lugarini (voz, harmônica e meia-lua), Marcos Antonio Aguiar Junior (violão), Léus Cunha (baixo) e Robert Willian (cajón).

Serviço: Projeto Acústico Mundo Livre – Apresentação da cantora Pamella Dalla e da banda Sonora Coisa. Hoje, Sexta-feira, dia 9, às 22 horas, no Jokers (Rua São Francisco, 164 – Centro Histórico) Entrada livre até às 21 horas, após R$15. Depois dos shows apresentação do DJ Ronypek. Reservas fones 41- 33 24 2351 ou 3013 51 64

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em agenda, agenda cultural, jokers, Jokers Pub, Pamella Dalla e Sonora Coisa no Jokers e marcada com a tag , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta