JAIR BOLSONARO diz que não vai polemizar com Lula. Está certo. Primeiro, porque perde no sujeito, no predicado e nos complementos. Tenente paraquedista não dá pra saída com sindicalista cascudo. Segundo, Lula está polemizando consigo mesmo. Quanto mais critica, mais favorece Bolsonaro. Quando se aferra ao passado ao dizer que a Lava Jato foi fraude, perde os decepcionados com Bolsonaro.  Presidente não escolhe o futuro adversário na eleição, nem aceita antecipar a campanha. Agora, se Bolsonaro terá discernimento, assessores e filhos para entender isso, é outra conversa.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Rogério Distéfano - O Insulto Diário e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta