Prof. Thimpor

A pizza não tem sexo. A revelação, feita durante o Congresso Anual dos Plantadores de Orégano, provocou revolta entre os participantes do encontro, que se negaram a almoçar e se esbofetearam violentamente, imaginando genitálias misturadas com presunto, queijo, atum e fatias de salame. Segundo o representante da bavária, a afirmação de que a pizza é assexuada não passa de um blefe, na tentativa de impor ao mercado um novo tipo de empada, mas feminina, para acompanhar as novas tendências da moda.

O encontro, previsto para durar três dias, terminou com a intervenção da polícia, que apreendeu a maioria das latas de azeite de oliva e todos os guardanapos manchados de ketchup.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em prof. thimpor e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta