Muito educado – O governador Ratinho Júnior optou pelo executivo que dirige a Multilaser, rede mineira do comércio de computadores, impressoras, tôners e pendrives para seu secretário da Educação. Pode ser um secretário excelente, supimpa e porreiro, que do governador não se espera coisa diferente.

Por exemplo, os televisores e computadores das escolas não serão da cor laranja, como no governo Requião. Nem haverá laranjas intrujando as compras, como no governo Richa. O futuro secretário da Educação não é educador. Mas consta ser muito educado, pessoa cortês e cordial. Podíamos esperar gente melhor?

Os gatos de Bolsonaro – Ah, se o Insulto soubesse teria trabalhado para o candidato Jair Bolsonaro. É que o novo presidente segue a linha de Deng Xiao Ping, o grande reformador da China.

Deng dizia – ofensa para a linha dura do Partido Comunista – que não interessa se os gatos são brancos ou pretos, sim que cacem os ratos. Só ontem, durante entrevista coletiva, ainda impaciente com a imprensa, o presidente Bolsonaro revelou sua filosofia de trabalho.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Rogério Distéfano - O Insulto Diário e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta