Empresários contra adesão total ao governo

Ainda está na fase de conversas e avaliações, mas um grupo de empresários do Paraná, muitos deles líderes de entidades tradicionais do estado, pretende manter posições independentes do governo estadual.

A vitória de Ratinho Jr com grande maioria de votos, começa a atrair o apoio incondicional de setores e seus representantes para a esfera dos respectivos governos. No caso do Paraná, por exemplo, a poderosa Federação da Agricultura (FAep), com Ágide Meneghette, se posicionou ao lado do novo governo.

A Federação das Indústrias (Fiep) se mantém neutra: o presidente Edson Campagnolo foi preterido na escolha do vice de Ratinho, que preferiu o presidente da Fecomércio, Darci Piana.

O grupo de empresários que debate um patamar mais crítico em relação ao novo governo pretende aglutinar várias entidades, de todo o estado, antes de qualquer manifestação pública.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido, não tem graça." Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Ruth Bolognese - Contraponto e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta