Arquivo da tag: Dico Kremer

Barrio Gótico

Solda, numa tarde tórrida no Barrio Gótico em Barcelona Carmen Lúcia e eu entramos no botequim Los Picantes e nos entupimos de viño blanco heladito e pulpo a valenciana. O proprietário, Señor Urtiga y Basset, de maus bofes, nos tocou … Continue lendo

Publicado em Barrio Gótico | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo – Era Isso aí!

Dezembro, 1972. Ditadura militar. Revista Isso (Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba), Nelson Padrella, Rettamozo, Dico Kremer,Solda, Walmor Marcelino, J. Gaspar e outros super heróis.

Publicado em Era Isso aí! | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Sessão da meia-noite no Bacacheri

Onibaba. Japão, século XIV. Enquanto Kichi está na guerra, sua mãe (Nobuko Otowa) e sua esposa (Jitsuko Yoshimura) sobrevivem matando guerreiros desorientados e vendendo seus pertences. Quando a nora se encanta com um desertor, a sogra assume uma assustadora identidade … Continue lendo

Publicado em Sessão da meia-noite no Bacacheri | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Faça propaganda e não reclame

Prêmio GRPCOM de Criação, 2013. ©  Dico Kremer

Publicado em Prêmio GRPCOM de Comunicação | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Paulo Leminski: o Poeta e o Templo. Década de 1970. Abraços, Dico Kremer

Publicado em tempo | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Retícula sobre foto de Dico Kremer Fecho os olhos e suas pernas azuis cobrem-se de flores brancas que as minhas mãos continuam colhendo, colhendo, colhendo e, enquanto os mísseis lançam sua fúria sobre o Talibã e o marceneiro brande seu … Continue lendo

Publicado em Já foi na Academia hoje? | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O Bandido Que Sabia Latim

Amigo Solda, segue O Poeta e o Templo. Década de 1970. Abraços, Dico Kremer

Publicado em O Bandido Que Sabia Latim | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Retrato de amigo

Rogério Dias, em rápidas pinceladas. © Dico Kremer

Publicado em Retrato de amigo | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Faça propaganda e não reclame

© Dico Kremer

Publicado em Faça propaganda e não reclame | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Solda, uma modesta homenagem ao grande Ivo quando privávamos de longos, engraçados, criativos, poéticos, musicais, etílicos, enfumaçados papos chez Leminski. Tardes imensas de domingos curtindo (coisa antiga!) juntos uma amizade fraterna com todos os que lá iam, a fugir da … Continue lendo

Publicado em tempo | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Alice, Essa Maravilha

© Dico Kremer Alice Ruiz, para quem não conhece as alices ruízes, é uma planta da família das violáceas, de estípolas foliáceas, sempre cercada de áureasalices e estrelas-da-manhã por todos os lados, cuja função é servir de alicerce para todos … Continue lendo

Publicado em Alice - essa maravilha | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

“Solda: para nós, você sempre estará na Múltipla”. Desidério Pansera, Gilberto Ricardo dos Santos e Airton Pisseti. © Dico Kremer

Publicado em tempo | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Menino Lechinski

© Dico Kremer Eu conheci o Jaime Lechinski jornalista. Aquele rapaz de fino trato e de texto leve, saboroso. Confesso que invejei muito de sua lavra. Com admiração, mas invejei. Pensava: eu queria ter escrito isso, com esse estilo direto, … Continue lendo

Publicado em Fábio Campana|Revista Ideias | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Toledo

Solda, no verão de 1985 em Toledo, Espanha, flagrei um colega fazendo umas fotos para publicidade num beco bem afamado. Abraços, Dico Kremer

Publicado em Toledo | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Leo Stinghen

Solda, quando vi a fotografia da Leo (nides) Stinghen no seu blog lembrei-me de um fato já quase esquecido, perdido no fundo da memória. Lá pelos anos 1960 – provavelmente 1966 – do século que passou o Miranda (antes de … Continue lendo

Publicado em Leo Stinghen | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter