Arquivo da tag: lee swain

Poluicéia desvairada!

Futuro ancião. Candidato ao Retiro dos Artistas, aproveite a bengala a preço de ocasião. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | 1 comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Clique!

Pode entrar. Restaurante francês em alguma viela do Itaim.  © Lee Swain

Publicado em Clique! | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

 Vestida para a tempestade. Em alguma rua da Vila Madalena.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Vive la différence! Porta de restaurante em Pinheiros. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Levei meu calhambeque pro mecânico outro dia. Em alguma avenida da Zona Sul.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Reflexões sobre borracharias. Na marginal de Ibiúna. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Feira com garoa, em Pinheiros.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Instalação natural. Árvore em frente ao edifício da Bienal, no Parque Ibirapuera.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Scania Vaso. Em alguma quebrada da Vila Sônia.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Aí, Solda, quem sabe não tira peso do teu ombro? (Bom Retiro, centro velho) © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Frente e verso da miséria. Em alguma rua de Pinheiros. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

No meio do caminho. Em alguma ruela do Jardim América. © Lee Swain

Publicado em Poluicéia Desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Casa das Rosas, o que sobrou de uma época na Av. Paulista.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Reinventando a roda. Em alguma borracharia de Ibiúna.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

O sobe e desce da bolsa visto por outro lado. © Lee Swain

Publicado em Poluicéia Desvairada! | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia desvairada!

Esperando Godot. Em algum cortiço do centro velho. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Terceira idade. A bola da vez.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Luxo no lixo. Escadaria da Vila Madalena. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

Show do milhão. 25 de março, centro de São Paulo.  © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | 1 comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Poluicéia Desvairada!

De repente me lembro do verde… Instalação do Coletivo Bijari, na Vila Madalena. © Lee Swain

Publicado em poluicéia desvairada! | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter