Arquivo da tag: marcos prado

Blecaute

Publicado em Blecaute | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

© Pablito Pereira se o corpo abandonar minha alma não tenha de mim uma ideia falsa não chore, mantenha a calma estou morto por minha causa cuidado: assim como sua mala o meu caixão não terá alça

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Merda Dream

© Pablito Pereira

Publicado em Merda Dream | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Odiário

Eu, o Marcos Prado, o Thadeu Wojciechowski, o Bira Oliveira e o Roberto Jubainski editamos dois números de um jornal chamado Odiário. Um dos colaboradores era o Paulo Leminski, entre criaturas do quilate de Luís Cláudio Oliveira, Aníbal Marques, Luiz … Continue lendo

Publicado em 30 anos sem Paulo Leminski | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Manoel Carlos Karam, no lançamento do livro Ultralyrics, de Marcos Prado, Travessa dos Editores, em algum lugar do passado. © Vera Solda

Publicado em tempo | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Do livreto Astrália — 1981

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Retícula sobre foto de Pablito Pereira todo dia encontro um artista novo eu escrevo, eu pinto, eu desenho, eu canto mas todos têm aquela cara de ovo trato-os humildemente mas com espanto isso não está escrito na cara deles não … Continue lendo

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Édson de Vulcanis, Marcos Prado e Cobaia. © Pablito Pereira

Publicado em tempo | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

© Myskiciewicz

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

© Pablito Pereira begônias silvestres o sumiço da sua silhueta amiga fez meu perfil baixar a cabeça as cores da tarde, cinzas cinzas as luzes da noite, negras negras desaparecer não é pra qualquer um só você, misto de mistério … Continue lendo

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Publicado em Charge Solda Mural | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

amor ao bar uma pessoa, agora sua íntima foi parar um dia no hospício não por uma obsessão legítima nem por doença ou vício ele foi por estar claro que o álcool fazia-lhe mal e porque o bar o lembrava … Continue lendo

Publicado em todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

quanto mais estuda mais cavalo ele fica seu pai gastou tanto dinheiro para que ele fosse um poliglota como recompensa foi o primeiro a sentir o sabor da sua bota quanto mais estuda mais cavalo ele fica estudou teologia e … Continue lendo

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Sem suingue

© Luiz Carlos Fernandes Torço para que o sucesso de “Toda poesia”, de Paulo Leminski, faça com que todo o Brasil coloque em prática o refrão de “Curitiba”, canção de Marcos Prado, Antonio Thadeu Wojciechowski e Walmor Góes, gravada pelo … Continue lendo

Publicado em Sem suingue | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Retícula sobre foto de Pablito Pereira

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Marcos Prado

© Pablito Pereira O Marcos Prado era curitibano – pobre e beberrão. Imaginem o inferno que foi viver justamente na cidade mais conservadora do sul do cu do mundo. Aqui, para viver, artista tem que pedir por favor. Cidade má … Continue lendo

Publicado em marcos prado | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Marcos Prado

Publicado em marcos prado | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter