Arquivo da tag: nem bobo nem nada

Rui Werneck de Capistrano

Dá na mesma. Villon, Baudelaire, Leminski, Bukowski et caterva. Os reflexos ainda estão nas janelas, nos blogues, nos bares, nos livros. Aquela azia, a sede imensa logo de manhã, a bexiga implorando perdão, a cabeça batendo estaca, o sol ardendo … Continue lendo

Publicado em rui werneck de capistrano | Com a tag , , , , | 4 comentários
Compartilhe Facebook Twitter

Rui Werneck de Capistrano

Tem palavra que veio de longe com significado que nós não vemos de perto. Cada vez que descubro uma em situação assim, vibro. Aqui e agora, é o caso da palavra esnobe. Posso perguntar de olhos fechados no meio de … Continue lendo

Publicado em rui werneck de capistrano | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Rui Werneck de Capistrano

Tem vez que você — acha — que já investiu muito, emocionalmente, num processo pra poder voltar atrás. Por exemplo, você leva a mão em concha pra caçar a mosca que, pousada na mesa, esfrega as patinhas. Toda sua vida … Continue lendo

Publicado em rui werneck de capistrano | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Rui Werneck de Capistrano

 O serviço de saúde já matou mais de um milhão de pessoas, os correios nunca entregam nenhuma carta, os lixeiros estão todos aposentados, porém os diplomatas de outros países elogiam sempre o tratamento dispensado aos visitantes e às baratas — … Continue lendo

Publicado em rui werneck de capistrano | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Rui Werneck de Capistrano

Foto de Jean-Louis Lebris de Kerouac Dá na mesma. Villon, Baudelaire, Leminski, Bukowski et caterva. Os reflexos ainda estão nas janelas, nos blogues, nos bares, nos livros. Aquela azia, a sede imensa logo de manhã, a bexiga implorando perdão, a … Continue lendo

Publicado em rui werneck de capistrano | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Rui Werneck de Capistrano

Suponhamos que você descubra que, quando ameaça chover, o papagaio-grego, indeciso, troca de roupa três vezes antes de sair de casa. Ou que o sapo-cururu é apenas um pleonasmo anfíbio anuro, pois em tupi-guarani cururu quer dizer sapo. Pronto, você … Continue lendo

Publicado em Lutar com palavras é a luta mais sã, rui werneck de capistrano | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

En garde: bangue-bangue!

A cada doze minutos tem alguém sacando um revólver para matar alguém. Cuidado, abaixe-se! Por não fugirem a tempo, quarenta e cinco mil pessoas morrem no Brasil todo ano. Setenta por cento dos assassinatos são praticados por motivos fúteis – … Continue lendo

Publicado em Cartunista Solda, En garde - bangue-bangue!, Nem Bobo Nem Nada, rui werneck de capistrano, wernas | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Rui Werneck de Capistrano

Já tenho pelo menos um título pra ir pro Guiness Book. É o de Campeão Mundial de Pessoas que Entram em Coisas que não dão Dinheiro. Canso de ler biografias de gente que tem poder de atrair dinheiro em tudo … Continue lendo

Publicado em rui werneck de capistrano | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Caretiba

Rui Werneck de Capistrano. Autorretrato

Publicado em Caretiba, rui werneck de capistrano | Com a tag , , , , , , , , | 5 comentários
Compartilhe Facebook Twitter

Lendo Paul Valéry, no livro Variedades, encontro algum oxigênio. Respiro à vontade, embora ressabiado. E ainda me pergunto: o que os outros lêem nos meus textos? Já discuti mil anos sobre isso com Tom Capri. E agora mesmo estou admirado … Continue lendo

Publicado em werneck | Com a tag , , , , | 2 comentários
Compartilhe Facebook Twitter