Arquivo da tag: paulo leminski

Ostras

Publicado em ostras parábolas | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Catatau & Tao

Publicado em Catatau & Tao | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Vale a pena ver de novo

Capa que fiz para a biografia de Paulo Leminski, O Bandido Que Sabia Latim, de Toninho Vaz, para a editora Nossa Cultura, não autorizada, craro, cróvis.

Publicado em vale a pena ver de novo | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Invernáculo (3)

Esta língua não é minha, qualquer um percebe. Quando o sentido caminha, a palavra permanece. Quem sabe mal digo mentiras, vai ver que só minto verdades. Assim me falo, eu, mínima, quem sabe, eu sinto, mal sabe. Esta não é … Continue lendo

Publicado em O Bandido Que Sabia Latim | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Solda, uma modesta homenagem ao grande Ivo quando privávamos de longos, engraçados, criativos, poéticos, musicais, etílicos, enfumaçados papos chez Leminski. Tardes imensas de domingos curtindo (coisa antiga!) juntos uma amizade fraterna com todos os que lá iam, a fugir da … Continue lendo

Publicado em tempo | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Faça propaganda e não reclame

© Karina Marques Sebo do Bandido que Sabia Latim, Paulo Leminski. Rua Rocha Pombo, 93, Centro, Castro, PR.

Publicado em Faça propaganda e não reclame | Com a tag , , , | 1 comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

© Américo Vermelho

Publicado em todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O bandido que sabia latim

© Julio Covello

Publicado em O Bandido Que Sabia Latim | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O Bandido Que Sabia Latim

Publicado em O Bandido Que Sabia Latim | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O que é que os outros vão dizer?

Cresci à sombra dessa frase-ameaça, símbolo / síntese/ totem da nossa (curitibana) pudicícia, timidez, excesso de respeito pela opinião alheia. Os outros são uma loucura. Tem um que. Tem um outro. Tem um que outro. E tem cada outro que … Continue lendo

Publicado em O que é que os outros vão dizer? | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Patrícia Poeta Pfingstag.  © Myskiciewicz

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O Bandido Que Sabia Latim

1944|2020 – 76 anos. Desenho de Tiago Recchia

Publicado em O Bandido Que Sabia Latim | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

…por falar na Grécia

Publicado em ...por falar na Grécia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Arte na faixa: O Bandido Que Sabia Latim, Paulo Leminski. © Marcos Barreto

Publicado em tempo | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Portfólio

O cartunista que vos digita, sob a batuta de Alice Ruiz, Diretora de Criação da Umuarama, poema de Paulo Leminski. 1989.

Publicado em portfolio | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Farei esta postagem diariamente. Se é que me entendem…

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tuitando, em 1980.

Publicado em Retta - Solda - Leminski | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

© Américo Vermelho

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter