Arquivo da tag: paulo leminski

A ditadura da utilidade

Retícula sobre foto de Macaxera A burguesia criou um universo onde todo gesto tem que ser útil. Tudo tem que ter um para quê, desde que os mercadores, com a Revolução Mercantil, Francesa e Industrial, substituíram no poder aquela nobreza … Continue lendo

Publicado em A ditadura da utilidade | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Múltiplolaco

Publicado em Múltiplo Leminski | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Minha classe gosta, logo é uma bosta…

Publicado em Charge Solda Mural | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O Bandido Que Sabia Latim

Publicado em O Bandido Que Sabia Latim | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Como é que pode?

Retícula sobre foto de Carlos Macaxeira Eu, o Marcos Prado, o Thadeu Wojciechowski, o Bira Oliveira e o Roberto Jubainski editamos dois números de um jornal chamado Odiário. Um dos colaboradores era o Paulo Leminski, entre criaturas do quilate de … Continue lendo

Publicado em Jornal Odiário | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Paulo Leminski: o Poeta e o Templo. Década de 70. Abraços, Dico Kremer

Publicado em tempo | Com a tag , , , , | 2 comentários
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O Bandido Que Sabia Latim

Publicado em O Bandido Que Sabia Latim | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Antena da raça

“paraporque jesustificar a desobra dobra do retta, o mais curvo dos criadores do plantel local? ao falo ”não fique doente, ficção” passo a palavra. retta sempre foi pedra de escândalo. fonte de pânico. alteração. sub-supra-versão. acidente que aleija. acaso que … Continue lendo

Publicado em Rettamorfose | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Divagações sobre fantasia e realidade no poeta que amava transformar carvão em diamante

© Rafael Sica Desde que escrevi a biografia de Paulo Leminski, há exatos dez anos, recebi várias críticas (especializadas) e opiniões de leitores que são lidas e arquivadas como parte integrante do trabalho. O livro, chamado O bandido que sabia … Continue lendo

Publicado em Cândido | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tuitando, em 1980.

Publicado em Retta - Solda - Leminski | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Mudança de Estação

Publicado em A Cor do Som | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Publicado em Lápide Leminski | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Sou Legal

Publicado em Sou Legal | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Polaco

O Bandido Que Sabia Latim na bagunça mais organizada da cidade. © Lina Faria

Publicado em polaco, Sem categoria | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Sem suingue

© Luiz Carlos Fernandes Torço para que o sucesso de “Toda poesia”, de Paulo Leminski, faça com que todo o Brasil coloque em prática o refrão de “Curitiba”, canção de Marcos Prado, Antonio Thadeu Wojciechowski e Walmor Góes, gravada pelo … Continue lendo

Publicado em Sem suingue | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Mural da História

Publicado em mural da história | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Retta

© Rodolfo Pajuaba “paraporque jesustificar a desobra dobra do retta, o mais curvo dos criadores do plantel local? ao falo ” não fique doente, ficção” passo a palavra. retta sempre foi pedra de escândalo. fonte de pânico. alteração. sub-supra-versão. acidente … Continue lendo

Publicado em retta | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Triste Michel

“Não havia razão para Michel ficar triste naquela manhã (o patifezinho); todo mundo gostava dele (o canalha). Tinha toda a noite de um dia duro aquele dia, pois Michel era um dos Vigias de Olho de Falcão. Sua mulher, Bernnie, … Continue lendo

Publicado em Triste Michel | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter