Arquivo da tag: roberto josé da silva

Zé da Silva

Danço desde os tempos em que não ia aos bailinhos onde os Bee Gees reinavam. Medo. Meus fantasmas são companheiros inseparáveis. Não sei de onde vieram, talvez como presente de Natal dos pais, mas isso é desculpa de quem nunca … Continue lendo

Publicado em Roberto José da Silva - Blog do Zé Beto | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

É uma brasa, mora!

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Comentários desativados em É uma brasa, mora!
Compartilhe Facebook Twitter

Pense colorido

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Fora da telinha

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

No tanque

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Bocuda

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Não bata antes de entrar

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Na cota do azul

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Fundiu!

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

As rosas falam

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Pincelada

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Zé da Silva

A dor era como se uma a ponta de punhal de prata estivesse enterrada ali, no quadril. Lado esquerdo. O ortopedista receitou o remédio azul. Eu tinha um branco e um rosa que tomava de vez em quando para aliviar … Continue lendo

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

De raiz

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tô de zóios

© Roberto José da Silva

Publicado em Sem categoria | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Que ideia!

© Roberto José da Silva  

Publicado em zé beto | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Vai encarar?

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Zé da Silva

Viu a cabeleira armada da madame. De longe. Achou que parecia algodão doce, só que preto. Foi chegando perto. O perfume emanado o inebriou. De algodão a coisa ficou virou nuvem. Foi ali que entrou – e se perdeu. Nas … Continue lendo

Publicado em zé beto | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Queimada

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Lacrou!

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Os Robertos (Prado e José da Silva)

© Roberto José da Silva

Publicado em zé beto | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter