Arquivo da tag: solda

O Bandido Que Sabia Latim

© Américo Vermelho …não é do meu hábito apresentar soluções comunitárias, mesmo porque eu, hoje, estou mais preocupado em salvar meu próprio nariz do naufrágio. O meu livro “Catatau”, que vai ser publicado em dezembro, dez anos após tê-lo iniciado, é … Continue lendo

Publicado em O Bandido Que Sabia Latim, soruda | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Quaxquáx!

Publicado em quaxquáx | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Elogiozinho da loucura

Publicado em elogiozinho da loucura | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Na moldura

Kátia Horn e César Bond, em algum lugar do passado. © Solda

Publicado em na moldura | Com a tag , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Em algum lugar do passado.

Publicado em tempo | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Morrer

  Poema: Solda|Música: Antonio Thadeu Wojciechowiski, Octávio Camargo e Bárbara Kirchner. Do songbook Língua Madura. 

Publicado em Morrer | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Talita do Monte.  © Albert Piauhy

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O homem é um animal político

Publicado em O Homem é um animal político | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Era Isso aí!

Dezembro, 1972. Revista Isso (Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba), Nelson Padrella, Solda, Rettamozo, Dico Kremer, Walmor Marcelino, J. Gaspar e outros super heróis, em plena Ditadura.

Publicado em Era Isso aí! | Com a tag , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Farei esta postagem diariamente, só pra constar.

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Beto Batata em Paraty, Casarão do Cunha, mil novecentos e antigamente: Vera Solda, Nego Miranda, João Virmond, Antonio Thadeu Wojciechowski, Maria Cristina de Andrade Vieira e Alice Ruiz. © Solda

Publicado em tempo | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Fãzine

Tamanho não é documento, Editora Gambá do Ano Passado. Editores: Retta & Solda. Curitiba, dezembro, 1990. Edição limitadíssima, xerocada, poemas. Quem procurar, acha. coisa singular|dois olhos|um só olhar retta estremece no varal|a tarde|lenta e gradual solda eu no retrato|não sou … Continue lendo

Publicado em Fãzine | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Quatro em uma

Paulo Leminski, Rogério Dias e o cartunista que vos digita. © Francisco Kava, com a primeira câmera 180 graus de Curitiba. 1980, Alto da XV.

Publicado em Quatro em Uma | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Mural da História

Publicado em tempo | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Caretiba

Gregório Mariano Prado de Oliveira. © Solda

Publicado em Caretiba | Com a tag , , | 6 comentários
Compartilhe Facebook Twitter

Solda

Autorretrato

Publicado em solda | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

1982.

Publicado em todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Quem?

Publicado em Quem? | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Seis homens e um destino

Nilson Sampaio, o cartunista que vos digita, Ademir Paixão, Marco Jacobsen, Orlando Pedroso e Tiago Recchia, na maison Jacobsen, em algum lugar do passado. © Vera Solda

Publicado em Seis homens e um destino | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter