Arquivo da tag: solda

O homem é um animal político

Publicado em O Homem é um animal político | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Era Isso aí!

Dezembro, 1972. Revista Isso (Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba), Nelson Padrella, Solda, Rettamozo, Dico Kremer, Walmor Marcelino, J. Gaspar e outros super heróis, em plena Ditadura.

Publicado em Era Isso aí! | Com a tag , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Farei esta postagem diariamente, só pra constar.

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Beto Batata em Paraty, Casarão do Cunha, mil novecentos e antigamente: Vera Solda, Nego Miranda, João Virmond, Antonio Thadeu Wojciechowski, Maria Cristina de Andrade Vieira e Alice Ruiz. © Solda

Publicado em tempo | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Fãzine

Tamanho não é documento, Editora Gambá do Ano Passado. Editores: Retta & Solda. Curitiba, dezembro, 1990. Edição limitadíssima, xerocada, poemas. Quem procurar, acha. coisa singular|dois olhos|um só olhar retta estremece no varal|a tarde|lenta e gradual solda eu no retrato|não sou … Continue lendo

Publicado em Fãzine | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Quatro em uma

Paulo Leminski, Rogério Dias e o cartunista que vos digita. © Francisco Kava, com a primeira câmera 180 graus de Curitiba. 1980, Alto da XV.

Publicado em Quatro em Uma | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Mural da História

Publicado em tempo | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Caretiba

Gregório Mariano Prado de Oliveira. © Solda

Publicado em Caretiba | Com a tag , , | 6 comentários
Compartilhe Facebook Twitter

Solda

Autorretrato

Publicado em solda | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

1982.

Publicado em todo dia é dia | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Quem?

Publicado em Quem? | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Seis homens e um destino

Nilson Sampaio, o cartunista que vos digita, Ademir Paixão, Marco Jacobsen, Orlando Pedroso e Tiago Recchia, na maison Jacobsen, em algum lugar do passado. © Vera Solda

Publicado em Seis homens e um destino | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

Publicado em tempo | Com a tag , , , , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Há sangue frio

© Myskiciewicz Há sangue frio na geladeira, silva-se. Enquanto organizo, prenso: histórias de cavalheiros e damas, etiópias e lamas, cronópios, corrupios e famas. É o kaos. Dizem as más línguas. Pois é, poesia, pois é: petit pois, já maneirando fulano … Continue lendo

Publicado em Há sangue frio | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Tempo

2º Festival Internacional do Humor Gráfico das Cataratas do Iguaçu – Planeta Água – 2003

Publicado em Humor Gráfico das Cataratas do Iguaçu | Com a tag , , , , , | 6 comentários
Compartilhe Facebook Twitter

Rindo e vindo

Publicado em Rindo e vindo | Com a tag , , , , | 1 comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Benett, Marco Jacobsen, Juliana Radaelli, Tiago Recchia e o cartunista que vos digita, em algum lugar do passado. © Rafaela Santin, também da trupe

Publicado em Quadrilha | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Assim caminha a humanidade

 © Myskiciewicz Aquino Rego, vendedor de entulhos em São Paulo, passou a vida a mudar de nome. Aos quinze anos descobriu que se chamava Aquino Rego, nome impróprio, inadequado e impronunciável em qualquer lugar do planeta. Mudou então para Inácio … Continue lendo

Publicado em Assim caminha a Humanidade | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Baragoléticos!

© Myskiciewicz De repente uma explosão de furúnculos baragoléticos! Especimezinha que brotoeja esotérica na alinhavada esfinge halitosa de sacco & vanzetti, última dor do inácio, aquele magrela, comunista entrega pizzas na Academia Paranaense de Letraset, comedor de quejandos entocado na … Continue lendo

Publicado em Baragoléticos! | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter