Tempo

aleluia-gretchen

Uma família foge da Alemanha nazista, desembarcando no Brasil por volta de 1937. Ao chegar, compra um hotel no interior do Paraná, que se torna ponto de simpatizantes do nazismo, apesar do chefe da família ter ideias mais liberais. Só que seus integrantes encontram muitos problemas de adaptação à essa nova terra, além de terem que enfrentar os traumas da guerra. Direção de Sylvio Back|Com Carlos Vereza, Míriam Pires, Selma Egrei, Liliam Lemmertz, José Maria Santos, Sergio Hingst, Narciso Assumpção Elizabeth Destefanis, Lauro Hanke, Sale Wolokita, Maurício Távora, Lala Schneider, Joel de Oliveira, Abilio Mota, Kate Hansen, e Lorival Gipiela. Sylvio Back (argumento, roteiro e diálogos), Manoel Carlos Karam -colaborador-Oscar Milton Volpini -colaborador . 116m|Brasil|1976|Colorido.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em tempo e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta