Sessão da meia-noite no Bacacheri

The Professor and The Madman. A história real de dois homens ambiciosos que tentam concluir um dos maiores projetos do mundo: a criação do Dicionário Oxford. Um deles é o Professor James Murray (Mel Gibson), que tomou a decisão de iniciar o compilado, em 1857, e o outro é Doutor W.C. Minor (Sean Penn), que contribuiu com mais de 10.000 verbetes para o dicionário estando internado em um hospício para criminosos. Os dois têm suas vidas ligadas pela loucura, genialidade e obsessão.

A produtora Voltage Pictures não queria permitir que Mel Gibson e o diretor Farhad Safiniafilmassem cenas em Oxford, na Inglaterra, porque o orçamento já havia estourado e as gravações estavam atrasadas. A saída foi usar a Universidade de Trinity como locação substituta. Gibson e Safinia então deixaram o projeto e entraram na Justiça, com o objetivo de impedir que o filme fosse lançado, mas não tiveram sucesso.

EUA, 2019. Direção de Farhad Safinia, 2h 04min. No Brasil, O Gênio e o Louco. Pra rever na quarentena.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Sessão da meia-noite no Bacacheri e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta