Tramando o futuro

Na volta de Bento Gonçalves, onde participei de um evento de literatura, fiz uma meia-trava em Sampa para rever amigos e visitar livrarias. No domingo, fui me encontrar com o Gut numa churrascaria, onde nos acomodamos (no bom sentido) por volta das 14 horas e levantamos às 18, para trocar de bar. Era o primeiro dia das férias do Gut que resolveu escancarar. Eu peguei uma carona… Foto do garçom amigo. Toninho Vaz, do Itanhangá.

Sobre Solda

Luiz Antonio Solda, Itararé (SP), 1952. Cartunista, poeta, publicitário reformado, fundador da Academia Paranaense de Letraset, nefelibata, taquifágico, soníloquo e taxidermista nas horas de folga. Há mais de 40 anos tenta viver em Curitiba. É autor do pleonasmo "Se não for divertido não tem graça". Contato: luizsolda@uol.com.br
Esta entrada foi publicada em Cartunista Solda, Gutemberg, toninho vaz, Tramando o futuro e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
Compartilhe Facebook Twitter

Deixe uma resposta