Arquivo da tag: O menino de Jaguapitã

Wilson Bueno

Nosso insopitável Dante Mendonça revelou aqui, já não sei mais em qual estação, que prescinde de calendário para saber se é inverno ou verão em Curitiba. Basta ver como este vosso escriba está paramentado – se de bermuda e tênis, … Continue lendo

Publicado em Wilson Bueno | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Todo dia é dia

Do livro Pincel de Kyoto, Série Caixa Preta, Lume Editor, 2008.  © Alberto Melo Viana

Publicado em Todo dia é dia | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Os ouros da discórdia

João Antônio, autor, entre outros, de um clássico da literatura brasileira – Malagueta, Perus e Bacanaço (Cosac Naify), foi camarada de minha melhor estima, numa amizade que durou até a sua (trágica) morte em 1996. Aprendi muito com ele e, … Continue lendo

Publicado em Wilson Bueno | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Manfredini lança biografia de Wilson Bueno

O jornalista e escritor Luiz Manfredini lança, hoje em Curitiba, com patrocínio da Itaipu Binacional, a biografia do também jornalista e escritor paranaense Wilson Bueno (1949/2010), um dos autores mais significativos e fascinantes da literatura brasileira contemporânea. O lançamento será … Continue lendo

Publicado em Luiz Manfredini | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O menino de Jaguapitã

© Alberto Melo Viana “Entre os loucos e os bem-sujos, de repente, cara, você é mais um. Não adianta lembrar que você é íntimo da delicada poesia de Florbela Espanca e que, mais de uma vez, o prodígio de suas … Continue lendo

Publicado em O Menino de Jaguapitã | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Me voy a morir en el Mar Paraguayo Y hacerte llorar. Porque isso fizeste: Me fizeste chorar com essa língua de flor Estilete-tulipa-añaretãmeguá! Vou correndo pro mar, “entrepernas” noturnas Colorir e embalar O teu texto de cunas – añaretãmeguá! Que … Continue lendo

Publicado em Wilson Bueno | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Prefeituras e vereanças

© Myskiciewicz As eleições municipais brasileiras, por sua abrangência miliardária – este ano foram 128 milhões de eleitores a renovar prefeituras e vereanças de quase 6 mil cidades -, elenca igualmente um sem-número de curiosidades. Do menor município à inenarrável … Continue lendo

Publicado em Prefeituras e vereanças | Com a tag , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Wilson Bueno

Em O Livro dos Seres Imaginários, de Jorge Luis Borges, viajamos um zôo fantástico e, o mais das vezes, imortal decifração do que inscrevem, no luxo arquetípico da lenda, o lúbrico, o noturno, o insensato. Na (bela) edição da Emecê … Continue lendo

Publicado em Wilson Bueno | Com a tag , , , , | 2 comentários
Compartilhe Facebook Twitter

Jaguapitã

Minúscula ilha do mar Egeu, redonda como o Coliseu romano e mais ou menos de mesma extensão e circunferência, Lídia poderia ser a mais despercebida ilha de toda história, não procriassem nela os pégasos, estes cavalos de inenarráveis asas. Vindos … Continue lendo

Publicado em Jaguapitã | Com a tag , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

Oficina do escritor

Soldinha, hermano, aqui, ainda me refazendo da partida de meu pai, Valdomiro (26/09/1924 – 04/02/2010), o navegante do sertão profundo, agora a remar nas águas de Alhures do Sul, passo a você a minha oficina. Abração, Wilson Bueno (que também … Continue lendo

Publicado em Oficina do escritor | Com a tag , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter

O menino de Jaguapitã

Wilson Bueno, 3 anos, no poeirão de Jaguapitã, agarrado ao gatinho Suimin.  © Myskiciewicz Breção

Publicado em O Menino de Jaguapitã | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário
Compartilhe Facebook Twitter